NAÇÃO ANGOLA

BREVE HISTÓRICO...

 

     Bom, vou falar um pouco sobre a minha amada Nação Angola ( Raiz Tumba Junsara). Este é o começo de minha vida Espiritual, pois,  minha trajetória começou com minha iniciação na Nação Angola. Fui iniciada em Janeiro de 1994, para os Jinkisi Nkosi e Kaiá, por Mam’etu Jurema de Kaiá. Sou da raiz Tumba Junsara, onde recebi a dijina Ogunsinan. Vou relatar um breve histórico colhido de alguns amigos e de pesquisas via internet. Tudo começou assim:

      Roberto Barros Reis Tata dia Nkisi de Nengwa Tweembe dya Nzambi- Maria Genoveva do Bonfim (Maria Neném).
      Maria Neném liderou o terreiro Tumbesi em Pau Javá - Suçuarana - Salvador, até 1945.
      Tata Kambambi (Manoel Rodrigues do Nascimento), foi iniciado por Maria Neném em 1910.
      Tata Lundiamungonso - Manoel Ciriaco de Jesus, que teve sua dijina dia Nkisi em 1910.
      Em 1919 houve a Fundação do Tumba Nzo Nsala na Rua Campo Grande Açupe - Santo Amaro da Purificação.

      Depois a Inzo foi transferida para Pitanga, posteriormente para o Beru em Salvador e finalmente para o alto do Currupio 30 - Vila América - Vasco da Gama - Salvador. Estas mudanças se deram devido às perseguições ao culto.

 

     Em 1920 Tata Kambambi iniciou Mona Lubidi (Maria José de Jesus). Esta Negwa recebeu o título de Dere  no Terreiro do Bogum, no Engenho Velho da Federação – Salvador. Isto se deu já devido à herança Gege que se evidenciava no Tumba Junssara e à sua boa convivência com aquela casa, onde era respeitada e respeitava suas tradições. Esta Negwa ficou conhecida como Deré Lubidi. 

      Com a morte de Tata Lumdiamugonso (Ciriaco), assumiu a liderança do Tumba Junssara Dere Lubidi. Em 1953 após a morte de Kambambi, Tata Lundiamugonso deu o cargo a Lubidi. Esta zeladora abriu sua casa na Rua José  Piitinga 10, e depois se transferiu para o Alto do Jenipapeiro em Plataforma - Salvador. Ciriaco faleceu em 04/02/1965, aos 72 anos e com quase 55 de iniciado. Logo após se deu a posse do Tumba Junssara a Dere Lubidi em ritual fechado. Dere Lubidi veio a falecer em 30/10/1969.    

   Hoje a Grande Matriarca do Tumba é Nzo Nsala Mam’etu Nesoanji (Iraildes Maria da Cunha), ainda em plena atividade. Este é um breve histórico dos nossos mais velhos e que Nzambi permita sempre a continuação desta fantástica Nação Angola.

Matriarca do Tumba Junssara 
Mam’etu Nesoanji 
(Iraildes Maria da Cunha)


 

Denominações

Mam'etu - Minha ou Nossa Mãe
Mama - Mãe
Tat'etu - Meu ou Nosso Pai
Nengua - Sacerdotisa (Congo)
Nganga - Sacerdote

Títulos alcançados com as Oferendas

Dikota - Título dado às mais antigas
Kota Manganza - Título alcançado após 7 anos
Munzenza - Pessoa no final da iniciação

Títulos alcançados pela Suspensão do Mukixi/Nkisi

Kota - Todas as mulheres confirmadas
Kambondo - Todos os homens confirmados
Mama Ndenge - Mãe pequena (Angola)
Tata Ndenge - Pai Pequeno (Angola)
Nengua Ndumba - Mãe pequena (Congo)
Nganga Ndumba - Pai pequeno (Congo)
Kijingu - Cargo dado no Jaberessu (Entrega da Cuia)
Kota Nvangi - Aquela que cria o Barco
Tata Nvangi - Aquele que cria o barco
Kota Umbakisi - Responsável pelas divindades
Kota Rifula - Prepara a comida para as divindades
Tata Unsaba - Pai colhedor de folhas
Tata Kambondo Pokó - Pai que imola as oferendas
Hongolo Matona - Pessoa especialista em pinturas corporais
Kambandu - Chefe dos tocadores
Kissikaramgombe - Tocador que canta
Kalungombe - Cuida do Yombe
eKambomdo Mabaia - Responsável pelo barracão
Kota Kididi - Toma conta de tudo e mantém a paz
Tata Utala - Pai do altar

Outras Ocasiões

Kutala - Herdeiro da casa
Nganga - Aquela que olha os buzios

Outras denominações

Mona Uá Mukixi - Filho ou Filha das divindades
Ntangi - Iniciante que só cumpriu parte dos rituais de iniciação, pré - iniciado
Ndumbe - Pessoa não iniciada, posição inferior
Oxila Nkisi - Convidado de outras casas
Oxila Nzola - Aqueles que só vieram assistir

Ordem do Barco de Feitura - Mbáluku diá Muenga

Munzenza Uarianga ou Kadianga - Primeiro do Barco
Munzenza ua Kaiari ou Munzenzaq ua Kaiadi - Segundo do Barco
Munzenza ua katatu - Terceiro do Barco
Munzenza ua Kauana - Quarto do Barco
Munzenza ua Katanu - Quinto do Barco
Munzenza ua Kasamanu - Sexto do Barco
Munzenza ua Kasambuari ou Kasambuadi - Sétimo do Barco
Munzenza ua Kanakê - Oitavo do Barco
Munzenza ua Kavua - Nono do Barco
Munzenza ua Kakuinhi - Décimo do Barco

 

CARGOS E FUNÇÕES

Siga-nos também nas redes sociais:

Encontre-nos:
Rua João Vicente, 441 - Madureira

Rio de Janeiro - Brasil

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now